sexta-feira, 28 de maio de 2010

A liga

Oi pra todo mundo! (:
Então, eu tive mais algumas idéias daquele dia pra cá, graças a ajuda da Gabi, mas vou deixar ela pra outro post. O que eu vim fazer aqui mesmo foi comunicar a vocês que enviei hoje o texto pro concurso Capricho Fic. O tema dessa fase era: O projeto de Ciências. Depois de muuuuito pensar, saiu essa aberração aí. Sejam sinceros nos comentários, por favor. Por hoje é isso. Beeijos. 

A Liga

Todo mundo já tentou mudar o mundo uma vez.
Eu não tentei. Eu mudei.




Houve uma época, há muito tempo atrás, em que a paz reinava e as pessoas viviam felizes e unidas. Mas não foi nesse tempo que a história que eu vou lhes contar aconteceu. Na verdade, ela aconteceu na época da revolução digital, da violência escancarada, da fornicação livre e de todo o resto. Enfim...
Na verdade, tudo começou mesmo foi na minha aula de ciências. Como de costume, eu não estava prestando atenção na aula. Sabe como é, minhas unhas precisavam de um trato urgente e olhar pro Dudu era muito mais interessante do que olhar para o professor Tavares. Por isso, eu acabei levando um D- na minha redação. Resultado? Recuperação. Assim como um terço da escola, meu trabalho de recuperação foi um projeto de ciências. O objetivo era fazer algo original e criativo que mudasse o mundo. Algumas pessoas fizeram compostas (lê-se: 99,99999%), outras tentaram fazer bicicletas com bateria elétrica e tiveram aquelas com projetos não-identificáveis, mas eu queria fazer algo diferente dessa vez.  Teve até alguém que descobriu uma reação química que transmitia energia para alguns tipos de aparelhos eletrônicos, mas isso não mudava o mundo.  E ele, mais do que a minha unha, precisa de um trato mais urgente ainda. E foi no meio da noite que tive a idéia: eu faria um super-herói. E fiz, com muito trabalho, mas fiz. Não daqueles que existem nas histórias em quadrinhos e que combatem os vilões, foram outros. Eu criei A Super-Vassoura pra passar varrendo toda a sujeira do mundo todo. Dizem que as pessoas têm receio de sujar o que está limpo, então vai ver agora ninguém suja mais o nosso planeta. Também criei O Super-Liquidificador, pra bater e triturar toda inveja e ambição desnecessária que tem tanto no mundo de hoje. Além disso, ele pode fazer um suco mágico de amor, confiança, plenitude e felicidade pra todo mundo beber. Vai ver assim, todas essas coisas entram na corrente sanguínea das pessoas e levam os sentimentos bons pro coração de cada um. Mas além deles, eu criei O Super-Despertador que, na minha opinião, é o mais forte.  Eu fiz ele pensando em todos os adultos que eu vejo por aí. Ele tem o poder de trazer de volta as boas lembranças, as boas vibrações, a inocência, bondade e espontaneidade do coração de criança que, no fundo, no fundo, ainda está lá dentro da gente, eu sei. Ele também serve pra despertar os nossos sonhos e desejos mais profundos. Aqueles que nos motivam a continuar vivendo a cada dia e que deixa tudo mais belo, sabe? O motor e magia da vida.
Talvez com uma liga de super-heróis dessa tudo melhore. No fundo, depende mais da gente do que de super poderes, sabe. Além disso, tem alguém mais poderoso que Deus? E Ele está com a gente vinte quatro horas por dia.

Texto escrito ao som de Mais uma vez – Renato Russo.


Música do dia: Só Rezo - Nx Zero
Livro do dia: As roupas novas do Imperador
Filme do dia: O menino do pijama listrado
Frase do dia: "Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã. Espera que o sol já vem"

6 comentários:

  1. Ah, com certeza, Ele é mais poderoso que qualquer um desses heróis!
    Mas bem que um suquinho desses faria um bem danado, né?

    Beijos!

    ps: espero que consiga reciclar as idéias, formando uma ideiazona! Tendeu? :S

    ResponderExcluir
  2. acredito que o suco é só a merenda que Deus serve =)

    beeeeeijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu voto pela existência desta liga...

    Fique com Deus, menina Niina.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

    Música em troca de Fraldas

    ResponderExcluir
  5. queero essa liga!!
    ta mega boom o texto, juro. ta diferente to que se espera. ao ver o tema, é de se esperar uam história em que uma menina que é apaixonada por um menino tem que fazer um projeto de ciências em dupla com ele e tals... mas nao. tu conseguiu transforar em uma coisa com um tema realmente descente, que contriubua com alguma coisa, que não seja só mais um texto.
    espero que ganhe :D beeijos
    ah, tem post novo no runway

    ResponderExcluir
  6. Sem dúvida, essa reunião de heróis, cada um se propondo a destinos tão nobres, é o que precisamos em nosso mundo, Nina!
    Bjoo!

    ResponderExcluir